SCR – Sistema de Informações de Crédito do Banco Central do Brasil Finalidade e o uso das informações do sistema.
O SCR – Sistema de Informações de Crédito do Banco Central do Brasil tem como objetivo o registro e consulta de informações sobre o montante das operações de crédito e responsabilidades por garantias das pessoas físicas e jurídicas perante.
O Sistema de Informações de Crédito do Banco Central (SCR) é um banco de dados sobre operações e títulos com características de crédito e respectivas garantias contratados por pessoas físicas e jurídicas perante instituições financeiras no País integrantes do Sistema Financeiro Nacional.
O SCR é alimentado mensalmente pelas instituições financeiras, mediante coleta de informações sobre as operações concedidas. Atualmente, são armazenadas no banco de dados do SCR as operações dos clientes com responsabilidade total igual ou superior a R$ 200, a vencer e vencidas, e os valores referentes às fianças e aos avais prestados pelas instituições financeiras a seus clientes.
Forma de consulta às informações do sistema
As pessoas físicas ou jurídicas com dados incluídos no SCR podem consultar informações sobre o montante vencido e a vencer de sua própria dívida junto às IFs através da internet mediante credenciamento do cliente no Sisbacen, conforme orientação disponível no endereço http://www.bcb.gov.br/?sisbacenusuesp

Procedimentos necessários para correção, para exclusão e para registro de medidas judiciais e de manifestação de discordância quanto às informações do sistema.
As informações divulgadas no SCR são de exclusiva responsabilidade das IFs, inclusive no que diz respeito às inclusões, às correções, às exclusões, às marcações sub judice e ao registro de medidas judiciais e de manifestações de discordância apresentadas pelos contratantes. No caso de o cliente verificar a inexatidão de qualquer dado a seu respeito, poderá solicitar a retificação à instituição responsável pela informação. Caso não haja entendimento entre as partes, o cliente pode questionar a inscrição no âmbito judicial. Esclarecimento de que a consulta sobre qualquer informação do sistema depende de prévia autorização do cliente de operações de crédito. O uso do SCR pelas instituições financeiras, tanto para registro quanto para consultas deve ser previamente autorizado pelos seus clientes.

Mais informações podem ser obtidas no endereço: http://www.bcb.gov.br/pre/bc_atende/port/scr.asp

Formas de Contato com o BANCO CENTRAL DO BRASIL
Telefone: 08009792345 nos dias úteis, das 9h às 16h
Endereço Eletrônico: www.bcb.gov.br/?SCR Ou, pelo correio eletrônico BC – Fale Conosco

Esta publicação tem o objetivo de atender as instruções da Resolução nº 4.571/17 do CMN.

O que é Custo Efetivo Total (CET)? O Custo Efetivo Total (CET) representa o custo total de uma operação de empréstimo ou de financiamento.

Como é calculado o CET? O CET deve ser expresso na forma de uma taxa percentual anual, incluindo todos os encargos e as despesas das operações. Isto é, o CET deve englobar não apenas a taxa de juros, mas também tarifas, tributos, seguros e outras despesas cobradas do cliente. Assim, fica mais fácil comparar os custos de cada instituição.

Qual a utilidade do CET? Conhecendo o custo total da operação de crédito, fica mais fácil para o cliente comparar os custos da operação em cada instituição.

Saiba mais sobre o cálculo do CET, consultando a Resolução nº 3.517/07 do CMN.

GESTÃO DE RISCOS Atualmente, muito se tem falado em gestão de riscos corporativos, envolvendo a quantificação e qualificação das incertezas decorrentes dos acontecimentos numa organização, seja para prever perdas ou oportunidades. Sim, o risco é mais interpretado pelo seu lado negativo porém, ao identificá-lo e administrá-lo é possível obter resultados positivos. O risco é inerente à qualquer atividade de negócios onde, o seu conhecimento e a capacidade de administrá-lo aliado à disposição da organização em correr riscos irá determinar a sua exposição.

Seguindo esta diretriz e com o objetivo de atendimento aos normativos do Banco Central do Brasil e Conselho Monetário Nacional, a KREDILIG S/A CRÉDITO, FINANCIAMENTO e INVESTIMENTO constituiu uma unidade específica de Gestão de Riscos e Controles. O departamento de Gestão de Riscos e Controles foi subdividido nas seguintes atividades, sob gestão de profissionais capacitados e frequentemente treinados:

◾Controles Internos ◾Risco de Liquidez ◾Risco Operacional ◾Risco de Mercado ◾Risco de Crédito ◾Gestão de Capital

Foram estabelecidos políticas e procedimentos adequadas à estrutura da instituição para cada uma das atividades de gerenciamento de riscos e implementados sistemas de gestão capazes de identificar, avaliar e mitigar os riscos inerentes à atividade da KREDILIG S/A CFI, proporcionando uma visão clara da situação da organização frente a seus acionistas. A KREDILIG S/A CFI disponibiliza para acesso público a íntegra dos Relatórios de Riscos de Liquidez, Operacionais, de Mercado , de Crédito, e o Relatório de Gestão de Capital, em suas dependências, conforme determina as regulamentações específicas.

Em conformidade com o Artigo 19, da Resolução nº 3.919/10, do CMN, a KREDILIG S/A CFI disponibiliza a todos os clientes que tiveram relacionamento com esta Instituição durante o ano de 2016, o Extrato Consolidado de suas operações de crédito. Para receber seu Extrato consolidado, peça aqui.

EUGÊNIO RAULINO KOERICH S/A COMÉRCIO E INDUSTRIA Rua Paulo Zimmermann, S/N, BR 101 – KAD, CEP 88160-580 CNPJ: 86.184.074/0001-40 Telefone: (48) 3296-9600 www.koerich.com.br

Crédito Consciente e Responsável Aqui, o crédito é para a nossa gente! E pensando nisso, a KREDILIG S/A CFI e as LOJAS KOERICH apresentam algumas dicas para que a Gente Nossa utilize os seus limites de crédito de forma responsável.

As instituições financeiras estão no mercado para oferecer uma gama de opções de crédito para a realização de sonhos, concretização de objetivos e até mesmo para situações de emergências. Mas, para que nada fuja do planejado, é muito importante que o usuário de crédito esteja consciente das responsabilidades que está assumindo e evite entrar num grupo que ninguém gostaria de estar, o de inadimplentes. Fugindo da inadimplência Infelizmente em algumas situações acabamos assumindo compromissos dos quais não conseguimos cumprir. Seja por um mau planejamento, seja por um grande imprevisto. E aí, chega a hora de reverter a situação.

Siga estas dicas:

◾Corte gastos indevidos ou desnecessários, mesmo que seja temporariamente, para que você possa fazer um novo planejamento financeiro.

◾​​Procure a empresa que esteja devendo e demonstre sua vontade de regularizar a situação. Toda empresa tem o interesse em recuperar os valores vencidos e o mais importante, em voltar a dar crédito para o cliente.

◾Verifique se a situação oferecida pela empresa irá se enquadrar em seu orçamento. Faça simulações, pense, e somente então decida pelo novo compromisso que você está assumindo. Agora que seu crédito foi restabelecido, não se esqueça de mantê-lo assim. Utilize seu crédito com consciência e responsabilidade, assim você terá sempre as portas abertas quando realmente necessitar ou sonhar! Dicas para um crédito consciente
◾Ao assumir uma dívida, você deve saber o quanto do valor mensal irá comprometer o seu orçamento.

◾Sempre solicite várias simulações da operação que deseja fazer, alterando o valor da compra ou empréstimo, o valor mensal da parcela e o número de parcelas. Isto o ajudará a escolher a melhor opção.

◾Não comprometa todo o seu orçamento mensal. Reserve sempre um valor para emergências ou itens necessários como remédios, consertos domésticos entre outros que podem surgir a qualquer momento. Se não utilizar o valor, ele poderá ser aplicado em algum investimento.

◾Não deixe de pesquisar.

◾Não utilize seu crédito por impulso, adquirindo produtos dos quais não necessita ou tomando empréstimo sem a devida necessidade. Além de se frustrar após a conscientização você assumirá compromissos desnecessários.

◾Faça aquisições de produtos que você deseja, necessite e esteja em seus planos.

◾Não faça compras ou empréstimos para terceiros, sejam eles familiares ou amigos. Se a pessoa não cumprir o compromisso, será você o responsável pelo pagamento das parcelas e, como os valores das prestações não fazem parte de seu orçamento, é muito provável que isto irá prejudicar seus planos. ◾Sempre leia o contrato ou a confissão de dívidas antes de assiná-las. Assim, você terá conhecimento de todos os seus direitos e obrigações e, confira os valores declarados.

◾Nunca informe seu dados cadastrais ou de cartão de crédito ou débito por telefone ou e-mail. Se for necessário, apenas confirme ou não a informação. Forneça essas informações somente quando tiver certeza do produto que quer comprar e da idoneidade da empresa, evitando assim, futuros transtornos.

◾Mantenha sempre seu nome limpo, pagando em dia as contas que possui. Isto irá garantir o seu crédito na hora de alguma necessidade.

◾Procure sempre empresas que você conhece e confia para realizar as suas compras ou empréstimos.

◾Consulte as linhas de crédito que a KREDILIG S/A CFI oferece para você. Adquira produtos nas lojas parceiras e o Empréstimo Pessoal é somente nas LOJAS KOERICH.

Tomando esses pequenos cuidados você irá usar seu crédito de forma responsável e reduzirá a possibilidade de endividamento.

O que é Portabilidade de Crédito? A Portabilidade de Crédito foi regulamentada pela Resolução nº 4.292/13 do CMN, é a possibilidade de transferência de operações de crédito (empréstimos e financiamentos) e de arrendamento mercantil de uma instituição financeira para outra, por iniciativa do cliente, pessoa natural ou pessoa jurídica, mediante liquidação antecipada da operação na instituição original.

As condições da nova operação devem ser negociadas entre o próprio cliente e a instituição que concederá o novo crédito.

Para solicitar a portabilidade de sua operação de crédito ou para maiores informações, entre em contato através do "Fale Conosco".

Segurança Digital

◾Mantenha o antivírus atualizado e instalado no computador que você utiliza. Mantenha também o sistema operacional atualizado e outras ferramentas de controle de segurança, como um firewall pessoal, e utilize e-mail com filtros Anti-Spam.

◾Troque sua senha de internet periodicamente – Procure sempre decorar a senha, sem utilizar informações como datas de nascimento, números de telefones ou outras informações fáceis de serem descobertas.

◾Somente utilize equipamento efetivamente confiável. Não digite dados sigilosos em equipamentos de uso público, em equipamentos que você não conheça ou em equipamentos que não tenham programas antivírus atualizados. Existem programas – denominados Cavalo de Tróia – utilizados por fraudadores – que têm por função capturar as informações do cliente quando digitadas no computador.

◾Não execute programas nem abra arquivos de origem desconhecida, especialmente cartões de aniversário, Natal e outras datas comemorativas. Eles podem conter vírus, Cavalos de Tróia e outras aplicações maliciosas que, de modo oculto, podem capturar ou solicitar dados de acesso, permitindo a ação de fraudadores.

◾Cuidado com e-mails não solicitados ou de procedência desconhecida, especialmente se tiverem arquivos anexados. Correspondências eletrônicas podem trazer programas desconhecidos que oferecem diversos tipos de riscos à segurança do usuário. É mais seguro remover os e-mails não solicitados e que você não tenha absoluta certeza que procedem de fonte confiável.

◾Evite visitar sites para realizar download (transferência de arquivos) de programas ilegais e com aparência duvidosa. Alguns desses sites instalam automaticamente ferramentas com características maliciosas e que podem ser utilizadas por fraudadores. Só faça downloads de sites que conheça e saiba que são confiáveis. ◾Utilize sempre as versões de browsers (programas navegadores) mais recentes, pois elas incorporam melhores mecanismos de segurança. Mantenha também seu sistema operacional sempre atualizado.

◾Use somente provedores de acesso confiáveis. A escolha de um provedor de internet deve levar em conta também seus mecanismos, políticas de segurança e confiabilidade da empresa. Se considerar necessário, solicite a visita de um técnico de sua confiança para avaliar a segurança de seu computador ou da rede de sua empresa.

◾Adquira apenas softwares originais. ◾Não permita que o site salve as suas senhas e sempre dê logout antes de sair do computador ou celular. Assim você impede o acesso de outras pessoas à sua conta.

Senhas

◾Senhas são códigos secretos. Nunca as anote em papel, no celular ou na parte de trás dos seus cartões. Memorize-as sempre.

◾Escolha senhas que não possam ser associadas a você ou que não sejam sequências lógicas, como datas ou placas de carro.

◾Não utilize a mesma senha para diferentes serviços ou sites. Celular

◾Solicitar um PIN/código de segurança ao desbloquear o aparelho.

◾Configurar o bloqueio automático após alguns minutos de ociosidade.

◾Não salvar senhas ou qualquer outra informação particular no seu celular que possa ser entendida por outra pessoa.

◾Não salvar números de telefone ou endereço como “casa”, “pai”, etc., pois pode facilitar a engenharia social para fraudadores.

◾Procure manter o sistema operacional (Android, iOS, Windows Phone, entre outros) sempre atualizado.

◾Em caso de perda ou furto de celular, entre em contato com sua operadora imediatamente. Segurança Pessoal Cuidados do dia-a-dia

◾Evite conversar sobre informações pessoais e sigilosas em ambientes públicos

◾Carregue apenas documentos e cartões necessários e guarde os demais em lugar seguro. Também evite retirar a carteira em público ou leva-la nos bolsos de trás.

◾Ao sair de casa, observe antes se há pessoas em atitudes suspeitas. Neste caso, retarde sua saída.

Cartões

◾Em caso de Perda, roubou ou furto do seu cartão de crédito comunique imediatamente a Central de Atendimento, com intuito de prevenir o seu uso indevido. Em casos de roubo ou furto do cartão, registre a ocorrência na delegacia mais próxima.

◾A senha do seu cartão é confidencial e intransferível, nunca informe sua senha para terceiros e não deixe essa informação disponível em sua carteira junto com o cartão.

◾Assine o seu cartão de crédito logo que receber. Se possível, certifique-se de que sua assinatura é difícil de ser falsificada.

◾Não saia da loja antes de se certificar de que o cartão que lhe foi devolvido após sua compra é realmente seu.

◾Evite que outras pessoas observem enquanto você digita a senha do seu cartão.

PROCON Estadual www.procon.sc.gov.br Telefone: 151

Em atendimento ao Decreto nº 488, de 1º de dezembro de 2015, que regulamenta a Lei Estadual nº 16.582/2015 para tornar obrigatória a divulgação, nos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, inclusive os oficiais, dos números dos telefones e respectivos endereços do PROCON do Município ou do Estado.

Em 17/08/2007 a Diretoria da KREDILIG S/A CFI constituiu em seu componente organizacional sua estrutura de Ouvidoria. A atividade de Ouvidoria está devidamente mapeada e representada em Manual de Processos.

A Ouvidoria da KREDILIG S/A CFI tem como objetivo estreitar o relacionamento junto aos clientes ou cidadãos, através de um canal direto de comunicação que recebe o registro de reclamações, sugestões e elogios referentes à sua atuação.

O registro das manifestações pode ser realizado através do telefone 0800 6486488, de discagem gratuita, no horário das 09 às 18 horas de segunda à sexta-feira, exceto feriados. Também, podem ser encaminhadas, as manifestações, via e-mail: ouvidoria@kredilig.com.br ou ainda, registradas diretamente no site www.kredilig.com.br.

Ao receber as manifestações dos clientes/cidadãos, o Ouvidor encaminha para os departamentos responsáveis pelo problema relatado. Após, as soluções ou respostas são apresentadas, ao manifestante, pelo meio solicitado e conforme prazo determinado em regulamentação.”